SÓ PARA HOMENS:Os novos pneus da Michelin e S.Cargo - a super bicicleta do futuro

A nova concepção de rodas. A próxima geração de pneus da Michelin

Estes pneus são de ventilação e prevê-se muito rapidamente o seu aparecimento no mercado.
A. Fim das válvulas de ar
B. Fim dos compressores de ar nas estações de serviço
C. Fim dos kits de reparação
D. Fim dos furos
Estas são fotografias reais tiradas na pista da Michelin da Carolina do Sul.

E, então? Gostam?

Quem é amiga, quem é?????????

S-cargo.mov - a bicicleta ideal do futuro

Quarta-feira , 10 de Novembro DE 2010

Ser português....... tem a sua graça!

SER PORTUGUÊS É:


Levar arroz de frango para a praia.
Guardar aquelas cuecas velhas para polir o carro
Ter tido a última grande vitória militar em 1385.
Guiar como um maníaco e ninguém se importar com isso.
Levar a vida mais relaxada da Europa, mesmo sendo os últimos de todas as listas.
Ter sempre marisco, tabaco e álcool a preços de saldo.
Receber visitas e ir logo mostrar a casa toda.
Por os máximos para avisar os outros condutores da polícia adiante.
Ter o resto do mundo a pensar que Portugal é uma província espanhola.
Exigir que lhe chamem "Doutor" mesmo sendo um Zé Ninguém.
Passar o domingo no "shopping".
Tirar a cera dos ouvidos com a chave do carro ou com a tampa da esferográfica.
Açaçinar o Portuguêz ao eskrever.
Ir à aldeia todos os fins-de-semana visitar os pais ou avós.
Gravar os "donos da bola".
Ter diariamente pelo menos 8 telenovelas brasileiras na TV.
Já ter "ido à bruxa".
Ter filhos baptizados e de catecismo na mão mas nunca pôr os pés na igreja.
Ir de carro para todo o lado, aconteça o que acontecer.
Ter evacuado as Amoreiras no 11 de Setembro 2001.
Viver mal, e dizer que o governo que temos é bom.
Graças a Deus, não ser espanhol.
Lavar o carro na fonte ao domingo.
Não ser racista, mas abrir uma excepção com os ciganos.
Levar com as piadas dos brasileiros, mas só saber fazer piadas dos alentejanos.
Ainda ter uma mãe ou avó que se veste de luto.
Viver em casa dos pais até aos 30.
Acender o cigarro a qualquer hora e em qualquer lugar sem quaisquer preocupações.
Ter bigode e ser baixinho.
Conduzir sempre pela faixa da esquerda.
Ter três telemóveis.
Jurar não comprar azeite Espanhol nem morto, apesar da maioria do azeite vendido em Portugal ser Espanhol.
Deixar a telenovela a gravar.
Organizar jogos de futebol solteiros e casados.
Ir à bola, comprar "prá geral" e saltar "prá central".
Gastar uma fortuna no telemóvel mas pensar duas vezes antes de ir ao dentista.
Super-bock, tremoços, caracóis e marisco.
Cometer 3 infracções ao código da estrada em 5 segundos.
Graças a Deus, não ser brasileiro.
Ir prò Algarve em Agosto.
Ir passear de carro ao domingo para a avenida principal.
Dizer "prontos" no fim de cada frase.

------------------

26/03/2005

VonTrina

www.vontrina.com

* TAGS = Temas do blog (Clique em cima):
LauraBM às 00:17
Segunda-feira , 10 de Novembro DE 2008

Bula do homem

danger_bula.gifIndicações:

Homem é recomendado para mulheres portadoras de SMS (Síndroma da Mulher Sozinha). Homem é eficaz no controle do desânimo, da ansiedade, irritabilidade, mau humor, insónia, etc.

Posologia e Modo de Usar:

Homem deve ser usado três vezes por semana. Não desaparecendo os sintomas, aumente a dosagem ou procure outro. Homem é apropriado para uso externo ou interno, dependendo da necessidade da mulher.

Precauções:

Mantenha longe do alcance de amigas (vizinhas solitárias, loiras e/ou morenas sorridentes, Tc).
Manuseie com cuidado, pois Homem explode sob pressão, principalmente quando associado à álcool etílico. É desaconselhável o uso, imediatamente após as refeições.

Apresentação:

Mini, Max, Super, Mega, Plus e Super Mega Max Plus (uii !!!)

Conduta na Overdose:

O uso excessivo de Homem, pode produzir dores abdominais, entorses, contraturas lombares, assim como ardor na região pélvica. Recomendam-se banhos de assento, repouso, e contar vantagem para a melhor amiga.

Efeitos Colaterais:

O uso inadequado de Homem, pode acarretar gravidez e acessos de ciúmes. O uso concomitante de produtos da mesma espécie pode causar enjoo e fadiga crónica.

Prazo de Validade:

O número do lote e a data de fabricação, encontram-se na cédula de identidade e no cartão de crédito.

Composição:

Água, tecidos orgânicos, ferro e vitaminas do Complexo "P". ATENÇÃO: Não contém CIMANCOL. Cuidado.
Existem no mercado algumas marcas falsificadas, a embalagem é, de excelente qualidade, mas quando desembrulhado, verifica-se que não fará efeito nenhum, muito pelo contrário, o efeito é totalmente oposto, ou seja, além de não ser eficaz no tratamento, podem agravar os sintomas.

Instruções Para o Perfeito Funcionamento de Um Homem:

1. Ao abrir a embalagem, faça uma cara neutra; não se mostre muito empolgada com o produto. Se fica muito seguro de si, o Homem não funciona muito bem, vive dando defeito.
2. Guarde em lugar fresco (fedorento não dá) e seguro (pois é frágil).
3. Deixe fora do alcance de amigas.
4. Para ligar basta uns beijinhos no pescoço pela manhã, para desligar basta uma noite de sexo, ele dorme como uma pedra e nem dá boa noite (falta de educação é defeito de fábrica).
5. Programe-o para assinar talões de cheque sem reclamar.
6.Carregue as baterias três vezes por dia, café, almoço e janta, mais que isso provoca pneuzinhos indesejáveis.
7. Em caso de defeito, algumas tácticas costumam dar certo: esconda o controle remoto da televisão. Se a falha insistir, corte o futebol com os amigos no final de semana e o chopp. Se o problema persistir, a única maneira é fazer greve de SEXO.
--------------------------------
artigo recebido via Internet, s/autoria

* TAGS = Temas do blog (Clique em cima):
LauraBM às 23:01
Terça-feira , 10 de Junho DE 2008

AHHH...ESSES NOSSOS HERÓIS!...

Decepcionado com estes tempos desprovidos de heróis de verdade, fui atrás dos meus ídolos de infância. Infelizmente, vi que o tempo é o maior e mais invencível dos vilões e, agora, retrato fielmente como está a vida de alguns destes personagens:

TARZAN
Conseguiu transformar a sua floresta em uma reserva ecológica, mas montou uma serralharia clandestina e ganhou grande fortuna com a venda de madeira. Metade da floresta está destruída. Abandonou a Jane e assumiu definitivamente a sua relação com a Chita. Ainda briga com o crocodilo, mas morre de medo do leão, do Imposto de Renda. Procurado por nossa reportagem
para explicar porque abandonou os ideais de juventude, foi de uma franqueza avassaladora:
- Mim rico. Você, pobre.

SUPER-MAN
Frequenta um clube gay. Para não ser reconhecido, arranjou um disfarce perfeito: lentes de contacto. Uma verde. A outra azul. Dizem que está saindo com o Robin. Seu maior inimigo, hoje, é o Batman.

BELA ADORMECIDA
É esotérica. Escreve livros de auto-ajuda. "Sonoterapia" e "Interpretação dos Sonhos" venderam milhares de exemplares. Apesar disso, tem imensos problemas em casa e sofre de depressão. Está desencantada com seu príncipe encantado, que não trabalha e vive às suas custas. Não se
separa para evitar a divisão dos bens. Serão infelizes para sempre.

FRED FLINTSTONE
Foi abandonado pela esposa, pelos amigos e até pelo Dino. Dias atrás perdeu seu carro em uma aposta feita com Roberto Pupo Moreno. Anda bebendo demais, sempre sozinho e triste.  Não pronuncia uma única palavra durante toda a noite. E somente de madrugada, quando sai cambaleando pelas ruas de Bedrock, que diz alguma coisa e sua voz ecoa por toda a cidade:
Viiiiiiiiiillllllllllllllllllllmmmmaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!
Mas ninguém aparece.

HOMEM ARANHA
Caiu numa rede de intrigas e entrou em crise. Apesar do reumatismo, insiste em continuar subindo os prédios. Por isso, arranjou emprego de ascensorista. Seus amigos se afastam cada vez mais devido a seus hábitos repugnantes. Dias atrás, convidado a ir a um restaurante fino, gritou para o garção: "Cadê a mosca da minha sopa?"

BRANCA DE NEVE
Separou-se do príncipe depois que tiveram, juntos, um filho anão.
Fútil, passa as tardes fazendo bronzeamento artificial em academias caras.
Tem fixação por espelhos. Se acha gordinha e agora está fazendo a dieta das maçãs. As amigas perguntam: "Você está louca? Quer morrer?"

HOMEM INVISÍVEL
Não foi encontrado pela nossa reportagem.
--------------------------------
8/09/2007
artigo recebido via Internet, s/autoria

* TAGS = Temas do blog (Clique em cima):
LauraBM às 18:14
Sábado , 10 de Maio DE 2008

BROCHADAS

Broxar é sempre uma situação, digamos, broxante. O importante, porém, é não perder a compostura quando o bichinho se recusar a cumprir sua função.
Dê a volta por cima e saia com alguma observação bem-humorada.
Aqui vão catorze sugestões para você usar neste momento trágico. Uma delas, com certeza, terá tudo a ver com sua personalidade marcante, singular e intransferível

1. Irónico - "Nossa, deve ser alguma coisa que eu não comi!"
2. Sarcástico (ou Ecologista)- "Bem, só me resta cortá-lo e guardá-lo num vidrinho para as futuras gerações."
3. Cínico - "Hehehe, isso é o que eu chamo de sexo frágil!"
4. Iconoclasta - "Levanta-te e anda, descrente!"
5. Modernoso - "Na verdade, meu bem, eu acho que sexo é totalmente dispensável numa relação moderna..."
6. Dispersivo - "Você sabia que a autobiografia do Fernando Collor vai se chamar 'Que Culpa Tenho Eu'?"
7. Compreensivo - "Liga não, ele faz isso só pra chamar a atenção!"
8. Esportista - "Pô, logo hoje que eu ia dar a milésima e dedicá-la às criancinhas do Brasil!"
9. Surreal - "Pra falar a verdade, ele não é meu. O meu está no conserto. Este eu peguei emprestado do Ronaldinho".
10. Nacionalista (cantando) - "Deitado eternamente em berço esplêeeendido..."
11. Inconformado - "Gozado, isto nunca me acontece antes. Só depois..."
12. Politizado - "Acho que vou passar a chamá-lo de Fernando Henrique ou Enéas."
13. Freudiano - "... é que ele tem trauma de adolescência - vivia apanhando e era sempre cinco contra um!"
14. Autoconfiante - "Até que enfim aconteceu! Eu já estava me sentindo um estranho no meio da turma...
-------------------------------
7/06/2007
Texto recebido via internet, s/autoria

* TAGS = Temas do blog (Clique em cima): ,
LauraBM às 18:01
Quinta-feira , 10 de Janeiro DE 2008

Meigo como um PC.....

pcs_coracoesirvir.gif 

O que as mulheres querem do computador....

Brinco com a ideia de uma história que abre com uma mulher dizendo:
"Tudo o que eu queria é um homem que tivesse a gentileza de um computador". Por quê?
O computador é o último refúgio universal da polidez.
Tudo ele pede por favor. Sugere, confirma, procura ajudar.
Ele "sabe" que a natureza humana é falha, que o erro ronda cada gesto nosso, que nos atormentaríamos depois, clamando uma frase que cobra a indiferença de todos:
" Por que ninguém me avisou?"
Ele avisa, pergunta a cada passo se a pessoa tem certeza.
Não quer pegá-la numa falha para depois vir com acusações.
Sabe que um engano vai chateá-la e complicar sua vida.
Imagino essa personagem clicando para seu homo-software que pretende transar com um amigo e ele - delicado, solícito - pergunta:
"Tem certeza que pretende instalar tal aplicativo na pasta Amores?
Se fizer isso, todos os seus arquivos no meu disco rígido serão apagados".
E depois ele ainda apresenta as opções: "avançar", "cancelar".

Seu computador ainda não fala, mas quando falar certamente não usará tons de voz, aqueles que exprimem menosprezo ou grosseria além das palavras.
O criador humano pensa em máquinas gentis. O robô doméstico imaginado pela tecnologia é suave, uma flor de pessoa.
O que eu quero dizer é que os homens deveriam a delicadeza como traço pessoal, nem que fosse por estratégia. É uma demanda delas, mulheres.
Depois, gostando dos resultados, talvez eles mantenham essa qualidade, antiga e moderna ao mesmo tempo.
Algumas mulheres queixam-se de que os caras estão disputando até a passagem por uma porta. Esse gesto reproduz, de certa forma, a batalha de competências que surgiu na área profissional.
O truque delicado-moderno é saber separar as coisas.
Deixar qualquer disputa entre os sexos apenas nos resultados, lá para dentro; na porta, gentileza.
Ceder a passagem não só à mulher que está ao lado, mas também ao homem mais próximo. Para mostrar a ela que você é fundamentalmente delicado, não machistamente delicado.
No restaurante, perguntar primeiro o que ela quer, escolher um vinho cujo sabor possa agradá-la, mesmo que não seja o seu preferido.
Numa festa, se o casal tiver de se separar, que ele se mantenha atento, em discretíssima atitude protectora. Não fazer como um amigo meu, que chegou a esquecer a mulher numa reunião: foi para casa, adormeceu no sofá diante da televisão, ela voltou de carona. Distração, ele diz. Na verdade, grosseria.
Então, numa festa, é gentil manter o olhar, um sorriso a distância, quem sabe um beijinho voando entre copos e pessoas.
Usar a doçura como sedução.
Ao ouvir uma mulher, olhar sua boca com atenção, como se não quisesse perder as palavras, atento ao seu jeito particular de dizê-las. Pode passar pela cabeça dela que você pensa em beijá-la, mas isso é mau?
No shopping, carregar os pacotes. Na cama, como na porta, ela primeiro.
Disse que a delicadeza é antiga e moderna.
Explico, ou tento.
O homem da primeira metade do século 20 cultivava o que se chamava de boas maneiras, mas era fundamentalmente autoritário, machista, preconceituoso.
Havia então uma série de qualidades consideradas "masculinas": arrojo, auto-controle, independência, força de vontade, racionalidade, firmeza, liderança.
E havia as "femininas": delicadeza, emotividade, flexibilidade, habilidade, adaptabilidade.
Os homens viveram muito bem com esse arranjo enquanto a
organização da sociedade se baseava em valores "masculinos".
Mesmo depois da contraculturas dos anos 70, dos yuppies dos anos 80 e da indefinição dos 90.
Mas agora o mercado de trabalho substituiu algumas qualidades por outras, puxadas justamente entre aquelas chamadas "femininas".
Pelo novo modelo, as pessoas da área de decisão devem ser mais flexíveis, adaptáveis, hábeis, delicadas.
O grosso tornou-se obsoleto.
Em consequência, o aparato "masculino" para o sucesso entrou em crise.
A formação vai-se adaptando.
Nas famílias mais esclarecidas ou naquelas que cultuam o êxito, os machinhos são vistos até pelo pai com um confuso sentimento de orgulho antigo e preocupação moderna.
Já não é proibido chorar. Meninos emotivos são os queridinhos das professoras.
Nada mais moderno, pois, do que um perfil masculino que amolde algo do gestual dos cavalheiros, da gentileza dos computadores e da delicadeza dos recém-namorados.
----------
27/06/2007
Ivan Ângelo

* TAGS = Temas do blog (Clique em cima):
LauraBM às 00:24
Segunda-feira , 10 de Setembro DE 2007

Magazine de Notícias de Portugal

homem_vociferar.gifDescoberto primeiro homem que não culpou a mulher por água do duche ter arrefecido de repente
As autoridades foram chamadas ao local a pedido da mulher do indivíduo envolvido, extremamente preocupada com uma situação tão inédita.
Segundo as autoridades, não existem relatos de casos com estas características.
O indivíduo foi levado para testes psiquiátricos e estará sob observação intensa de 10 professores catedráticos americanos especializados em doenças mentais.

Segundo os depoimentos prestados pelo casal na esquadra, quando a água passou de repente de quente para fria, o homem estava debaixo do chuveiro. Este terá permanecido calado, sereno, ter-se-á secado com uma toalha, vestido um roupão, dirigiu-se à cozinha e, depois de se ter apercebido que o esquentador se tinha desligado, voltou a ligar, sorriu, deu um beijo à mulher e voltou para o duche sem ter feito quaisquer acusações.
----------------------------
22/09/2007
Sara Rafael
http://geocities.yahoo.com.br/jerusalem_13/sararafael.html

* TAGS = Temas do blog (Clique em cima):
LauraBM às 00:24
Terça-feira , 10 de Abril DE 2007

Telefonemas!?!?

telefonetocar_mini.gifMeu nome é Afonso Soares de Melo, e resolvi contar algo que se passou comigo:
Estava sentado no meu escritório quando lembrei de uma chamada telefónica que tinha que fazer. Encontrei o número e disquei. Atendeu-me um cara mal humorado dizendo:
- Fale!!!
- Bom dia. Poderia falar com Andréa?
O cara do outro lado resmungou algo que não entendi e desligou na minha cara. Não podia acreditar  que existia alguém tão grosso. Depois disso, procurei na minha agenda o número correcto da Andréa e liguei. O problema era que eu tinha invertido os dois últimos dígitos do seu número.
Depois de falar com a Andréa, observei o número errado ainda anotado sobre a minha mesa. Decidi ligar de novo. Quando a mesma pessoa atendeu, falei:
- Você é um Filho da P…!!!
Desliguei imediatamente e anotei ao lado do número a expressão "Filho da P…" e deixei o papel sobre a minha agenda. Assim, quando estava nervoso com alguém, ou em um mau momento do dia, ligava pra ele, e quando atendia, lhe dizia "Você é um Filho da P… e desligava sem esperar resposta. Isto me fazia sentir realmente muito melhor. Ocorre que a Telepar introduziu o novo serviço "bina" de identificação de chamadas, que me deixou preocupado e triste porque teria que deixar de ligar para o "Filho da P…".
Então, tive uma ideia: disquei o seu número de telefone, ouvi a sua voz dizendo "Alô " e mudei de identidade: 
- Boa tarde, estou ligando da área de vendas da Telepar, para saber se o senhor conhece o nosso serviço de identificador de chamadas "bina".
- Não estou interessado! - disse ele, e desligou na minha cara.
O cara era mesmo mal-educado.
Rapidamente, disquei novamente:
- Alô?
- é por isso que você é um Filho da P…!!! - e desliguei.
Aqui vale até uma sugestão: se existe algo que realmente está lhe incomodando, você sempre pode fazer alguma coisa para se sentir melhor: simplesmente disque 0xx41-7643.6732 ou o número de algum outro Filho da P… que você conheça, e diga para ele o que ele realmente é.
Acontece que eu fui até o shopping, no centro da cidade, comprar umas camisas. Uma senhora estava demorando muito tempo para tirar o carro de uma vaga no estacionamento. Cheguei a pensar que nunca fosse sair.
Finalmente seu carro começou a mover-se e a sair lentamente do seu espaço. Dadas as circunstâncias, decidi retroceder meu carro um pouco para dar a senhora todo o espaço que fosse necessário...
"Grande!" pensei, "finalmente vai embora".
Imediatamente, apareceu um Vectra preto vindo do outro lado do estacionamento e entrou de frente na vaga da senhora que eu estava esperando. Comecei a tocar a buzina e a gritar:
- Ei, amigo. Não pode fazer isso! Eu estava aqui primeiro! - O fulano do Vectra simplesmente desceu do carro, fechou a porta, activou o alarme e caminhou no sentido do shopping, ignorando a minha presença, como se não estivesse ouvindo. Diante da sua atitude, pensei: "esse cara é um grande Filho da P…! Com toda certeza tem uma grande quantidade de Filhos da P… neste mundo!". Foi aí que percebi que o cara tinha um aviso de "VENDE-SE" no vidro do Vectra. Então, anotei o seu número telefónico e procurei outra vaga para estacionar.
Depois de alguns dias, estava sentado no meu escritório e acabara de desligar o telefone - após ter discado o 0xx41- 7643.6732 do meu velho amigo e dizer "Você é um Filho da P…" (agora já é muito fácil discar pois tenho o seu número na memória do telefone), quando vi o número que havia anotado do cara do Vectra preto e pensei: "Deveria ligar para esse cara também". E foi o que fiz. Depois de um par de toques alguém atendeu:
- Alô.
- Falo com o senhor que está vendendo um Vectra preto? >
- Sim, é ele.
- Poderia me dizer onde posso ver o carro?
- Sim, eu moro na Rua XV, nº 527. uma casa amarela e o Vectra está estacionado na frente.
- Qual e o seu nome?
- Meu nome e Eduardo Cerqueira Marques - diz o cara.
- Qual a hora mais apropriada para encontrar com você, Eduardo?
- Pode me encontrar em casa a noite e nos finais de semana.
- É o seguinte Eduardo, posso te dizer uma coisa?
- Sim.
- Eduardo, você é um grande Filho da P…!!! - e desliguei o telefone.
Depois de desligar, coloquei o número do telefone do Eduardo (que parecia não ter "bina", pois não fui importunado depois que falei com ele) na memória do meu telefone. Agora eu tinha um problema: eram dois "Filhos da P…" para ligar. Após algumas ligações ao par de "Filhos da P…" e desligar-lhes, a coisa não era tão divertida como antes. Este problema me parecia muito sério e pensei em uma solução: em primeiro lugar, liguei para o "Filho da P… 1". O cara, mal-educado como sempre, atendeu:
- Alô - e então falei:
- Você É um Filho da P… - mas desta vez não desliguei. O "Filho da P… 1" disse:
- Ainda está aí, desgraçado?
- Siiimmmmmmmm, amorrrrrr!!! - respondi rindo.
- Pare de me ligar, seu filho da mãe - disse ele, irritadíssimo.
- Não paro não, Filho da P… querido!!!
- Qual é o teu nome, lazarento? - berrou ele, descontrolado! Eu, com voz seria de quem também está bravo, respondi:
- Meu nome é Eduardo Cerqueira Marques, seu Filho da P... porquê???
- Onde você mora, que eu vou aí te pegar, desgraçado? - gritou ele.
- Você acha que eu tenho medo de um Filho da P…? Eu moro na Rua XV, novembro, em uma casa amarela, e o meu Vectra preto está estacionado na frente. Seu palhaço Filho da P… E agora, vai fazer o quê???? - gritei  eu.
- Eu vou ate ai agora mesmo, cara. é bom que comece a rezar, porque você já era. - rosnou ele.
- Uuiii! é mesmo? Que medo me dá, Filho da P...
Você é um bosta! e eu estou na porta da minha casa te esperando!!! - e desliguei o telefone na cara dele.
Imediatamente liguei para o "Filho da P… 2".
- Alô - diz ele.
- Olhe, grande Filho da P…!!! - falei.
- Cara, se eu te encontrar vou...
- Vai o quê? O que você vai fazer??? Seu Filho da P…!
- Vou chutar a sua boca até não ficar nenhum dente, cara!!!
- Acha que eu tenho medo de você, Filho da puta?
Vou te dar uma grande oportunidade de tentar chutar minha boca, pois estou indo para tua casa, seu Filho da P…!!! E depois de arrebentar sua cara, vou quebrar todos os vidros desta porcaria de Vectra que você tem. E reze pra eu não botar fogo nessa casa amarelinha de bicha. Se for homem, me espera na porta em 5 minutos, seu Filho da P…!!! - e bati o telefone no gancho.
Logo, fiz outra ligação, desta vez para a polícia.
Usando uma voz afectada e chorosa, falei que estava na Rua XV, nº 527, e que ia matar o meu namorado homossexual assim que ele chegasse em casa.
Finalmente peguei o telefone e liguei o programa da CNT "Cadeia" do Alborguetti, para reportar que ia começar uma briga de um marido que ia voltando mais cedo para casa para pegar o amante da mulher que morava na Rua XV, nº 527.    
Depois de fazer isto, peguei o meu carro e fui para Rua XV, nº 527, para ver o espectáculo.
Foi demais, observar um par de "Filhos da P…" chutando-se na frente de duas equipes de reportagem, até a chegada de 3 viaturas e um helicóptero da polícia, levando os dois algemados e arrebentados para a delegacia.
Moral da história? - Não tem moral nenhuma! Foi de sacanagem mesmo...vê se atende o telefone educadamente, pois posso ser eu ligando para você por engano...
Que Filha da P…, hein!!!

* TAGS = Temas do blog (Clique em cima): ,
LauraBM às 20:26
Domingo , 12 de Novembro DE 2006

Depois da elegância

homem_orelhudo.jpgO que os HOMENS nunca deveriam usar - ou ter usado:

 

No outro dia brinquei com o meu ponto de vista, sobre o que as mulheres não deveriam usar - pois era sofrível.

Já tinha isto em mente e aí vai a minha lista sobre os equívocos masculinos.

Acho abominável que um homem envergonhe (no sentido estético) a classe masculina usando:

 

1) O trio mais famoso do que o do McDonalds: pochete, bermuda jeans e sandália papete. Se vier acompanhado do celular (na capinha) na cintura, então... É caso para fingir que não conhece.
2) Blazer com gola rolê por dentro. É o figurino preferido de 10 em cada 10 novos cabeleireiros recém bem sucedidos na cidade. Esse tipo acha esse conjunto o uniforme da "elegância". Geralmente abrem salão na cidade com os nomes de Roberto's Coiffeur, Cabral's, Antonio's e por aí vai.
3) Sapato social de "franjinha" (aquele detalhe de penduricalho em cima). Se for curto a ponto de aparecer a meia branca por baixo, a coisa beira a piedade. Esse tipo fica óptimo num dublador de Michael Jackson cantando"Billie Jean" no Largo da Carioca.
4) Calça de cintura alta, a chamada "Saintropeito". Cuidado com os testículos! Eles não têm culpa se você se veste mal. Gerentes de churrascaria rodízio costumam adoptar esse visual acompanhado de uma vistosa camisa vermelha de seda javanesa.
5) Perfume KOUROS (Yves Saint Laurent). Num acampamento pode ser usado como repelente (pena que até dos seus companheiros de viagem). Um cara que usa esse perfume se torna inesquecível. O trauma nas pessoas ao redor é irreversível.
6) Essa vai doer em muito "Maurício" mas é a minha opinião: Casaquinho de lã jogado nas costas e amarrado na frente . Esse visual geralmente vem acompanhado de um cabelo arrumado pela mamãe a "La Roberto Justus". Tem solução, mas tem quem ser mudado ainda na infância ou no máximo adolescência. Depois fica difícil.
7) Unha suja (e sem cortar). Se você não for o mecânico Pascoal da novela "Belíssima", pode ter certeza que brochará sua namorada ou pretendente. Caso seja bonito como o Gianechinni, ela será somente um pouco mais tolerante. Entretanto, irá pedir para limpa-las assim que acabar a noite de fetiche com um desleixado.
8) Base incolor na unha. Triste amigo. Só limpar e cortar já é suficiente. Cuidado se tem esse hábito, pois daqui a pouco estará  pedindo "francesinha" no salão.
9) Fazer sobrancelha. Se for tirar um fio maior, ok. Agora, se for limpar e afinar nas extremidades, é melhor tomar cuidado. Daí para usar rímel e delineador é um pulo. Não estranhe se vier uma vontade incontrolável de chamar um amigo de infância para assistir "Brokeback Mountain" comendo pipoca light.
10) Cueca furadinha tipo antiga Adams de cor (vermelha, amarela, marrom, etc...). Amigo, por favor, treine tirar a calça puxando a cueca junto.  Nenhuma mulher no mundo aguenta esse choque visual. Se ela vir a sua cueca é provável que você fique na mão (com trocadilho).
-----------
10/11/2007
coluna social

* TAGS = Temas do blog (Clique em cima): ,
LauraBM às 22:26

* TAGS = Temas do blog (Clique em cima)

* Algo sobre mim

* espreitar no blog

 

subscrever feeds

* Novidades no blog

* Links especiais ************

* Antiguidades

* A sair do forno

  • Pois sim, às vezes até mesmo só para chatear porqu...
  • Não vale a pena escolher! As pessoas aparecem nas ...
  • E já viu o resto do blog, Darley? E os outros que ...
  • Passado de mulher é igual a cozinha de restaurante...
  • Tema 1 Como encher fôrmas de gelo. (Passo a passo,...
  • Obrigada, Nuno.A maior parte dos artigos que poste...
  • Há muito tempo não ria tanto. Aliás, chorei de ri...
  • GOSTEI TANTO DA SUA MSG, CONTINUE ASSIM. E PECO PA...

favoritos